Publinota

DSM lança metodologia para classificar o impacto de cosméticos

 

Para atender à demanda crescente por transparência na indústria cosmética, a DSM apresenta metodologia de classificação de ingredientes a partir do impacto ambiental, rastreabilidade, impacto social e certificação

 

A área de negócios de Personal Care da DSM, que desenvolve soluções para saúde, nutrição e cuidados pessoais, anuncia o lançamento mundial do Sustainability Imp´Act Card™, uma metodologia desenvolvida pela companhia com objetivo de dar mais transparência para a indústria cosmética em torno da qualidade e da origem dos produtos cosméticos.

O setor de cuidados pessoais, principalmente de skincare e beleza, está se transformando em função de demandas de consumidores cada vez mais preocupados com a origem e as condições de produção dos cosméticos. Por isso, as grandes marcas dessa indústria estão envolvidas diretamente com os produtores de ingredientes e outros insumos com o objetivo de garantir transparência, eficácia e a qualidade do produto, valorizando o menor impacto para o ambiente e a sociedade.

DSM classifica a sustentabilidade com o Sustainability Imp´Act Card™

Para a metodologia do Sustainability Imp´Act Card™, a sustentabilidade dos ingredientes é avaliada de forma holística, a partir dos seguintes critérios: impacto ambiental, rastreabilidade, impacto social e certificação. Na avaliação ambiental, são considerados os critérios de emissão de carbono, a biodegradabilidade das substâncias e a pegada hídrica, ou seja, a quantidade de água necessária para a produção dos ingredientes. Para a certificação, são considerados os selos para cosméticos sustentáveis e os critérios específicos para categorizar os ingredientes como naturais ou orgânicos.

A DSM incluiu também nessa metodologia avaliações do impacto da produção dos componentes na sociedade e a rastreabilidade dos produtos, dois aspectos que também são pontos de atenção dos consumidores e que fazem parte das preocupações da indústria cosmética. Sobre o impacto social, essa novidade traz informações sobre as condições de trabalho e o desenvolvimento da comunidade que faz parte da extração e fornecimento de matérias-primas para os produtos, de acordo com o código de conduta da empresa. Também são avaliados os benefícios do uso do produto na saúde e qualidade de vida dos consumidores, como o efeito de redução da oleosidade da pele. Em rastreabilidade, o ponto de atenção é o controle da cadeia de suprimentos.

Endrigo Ramos, Gerente de Marketing da DSM, ressalta a relevância do projeto desenvolvido exclusivamente pela empresa para reforçar as características de sustentabilidade com uma mesma metodologia para todos os ingredientes. “A sustentabilidade é a base de todo trabalho na DSM e considera, além das soluções inovadoras, uma abordagem mais ampla, incluindo o impacto social e a rentabilidade do negócio. Nosso time global da área de Cuidados Pessoais desenvolveu o Sustainability Imp´Act Card™ para trazer maior transparência à indústria cosmética e ser parceira dos clientes para a criação de produtos ainda mais sustentáveis e aliados às ODS. Acreditamos que um diálogo aberto e transparente é o melhor caminho para potencializar nossos impactos positivos e mitigar os negativos, para promover uma transformação profunda e significativa da cadeia”, destaca.

ALPAFLOR® Edelweiss B: ingrediente orgânico e sustentável

Para atender a essa demanda por matérias-primas mais sustentáveis, a DSM mostra os benefícios do ALPAFLOR® Edelweiss B, ingrediente que aumenta a resistência da pele a fatores de estresse, como os raios UV, o que ajuda a preservar o equilíbrio natural da pele e reduzir a sensibilidade. O portfólio pioneiro ALPAFLOR® da DSM oferece um conjunto completo de bioativos de alto desempenho extraídos de plantas raras que são cultivadas de forma orgânica em um ambiente isolado no alto dos Alpes. A extração da matéria-prima é sustentável e feita com o uso de energia renovável.

Luis Julian Júnior, Gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios LATAM da área de Cuidados Pessoais da DSM, dá destaque às qualidades do produto que estão aliadas à sustentabilidade: “O ALPAFLOR® Edelweiss B é um excelente exemplo de sustentabilidade e comércio justo. Na produção, cada etapa da cadeia é rastreável e a empresa tem relação direta com os agricultores e cooperativas para obter a matéria-prima. Todos os ingredientes do nosso portfólio ALPAFLOR® são orgânicos, com certificados ECOCERT, COSMOS e NATRUE”.

 

DSM – Bright Science. Brighter Living.™ 

A Royal DSM é uma empresa global de ciências, "purpose-led" e atuante em Nutrição, Saúde e Vida Sustentável. O objetivo da DSM é criar vidas mais brilhantes para todos. A DSM está impulsionando a prosperidade econômica, o progresso ambiental e os avanços sociais para criar valor sustentável para todas as partes interessadas; clientes, funcionários, acionistas e sociedade em geral. A DSM fornece soluções inovadoras de negócios para nutrição humana, nutrição animal, cuidados pessoais e aroma, dispositivos médicos, produtos e aplicações verdes e novas formas de mobilidade e conectividade. A DSM e suas empresas associadas têm receita líquida anual de cerca de € 10 bilhões com aproximadamente 23.000 funcionários. A empresa foi fundada em 1902 e está registrada na Euronext Amsterdam. Mais informações estão disponíveis em www.dsm.com/latam.

EDIÇÕES VR DO BRASIL
Rua Acuti, 328 - sala 4 – (CEP 04810-160) – Cidade Dutra – São Paulo / SP – Brasil (55-11) 5505-7088 / (55-11) 5103-0423