Publinota

INTECHTRA 2020

Lean Thinking oferece novas possibilidades para as empresas melhorarem a gestão e reduzirem desperdício e custos

Ferramenta que vem sendo cada vez mais usada no mundo estará em debate durante a INTECHTRA que acontece no primeiro semestre de 2020 em São Paulo

Transformar realidades gerenciais, potencializar resultados e ter o melhor aproveitamento do potencial humano, tudo isso aliado à redução de desperdícios e custos operacionais. Esses são desafios vivenciados por muitas empresas e que estarão em debate durante a INTECHTRA, nova feira técnica promovida pela Messe München do Brasil, que acontecerá entre os dias 31 de março e 3 de abril de 2020 no Expo Center Norte, em São Paulo, voltada para as indústrias de Alimentos, Bebidas e Embalagens no Brasil e na América Latina. O evento reunirá expositores nacionais e internacionais dos setores de tecnologias para envase e embalagem, processamento de alimentos e bebidas, automação, matérias-primas, ingredientes, componentes e soluções logísticas. A INTECHTRA, que será realizada a cada dois anos, é membro da rede global da drinktec, principal feira de negócios do mundo para a indústria de bebidas e alimentos líquidos em Munique. Considerada a filosofia de gestão que vem ganhando espaço nas empresas que buscam melhores resultados em toda a cadeia operacional, o Lean Thinking é um conceito que garante mudanças que atendem essas necessidades de gestão. Para Thomas Junqueira Ayres Ulbrich, diretor Executivo da VDMA Brasil, instituição parceira da Messe Müchen na Alemanha e também no Brasil, o Lean Thinking é um instrumento de grande valor. “Hoje, o desafio para a maioria das empresas desse setor é atender às solicitações dos clientes (que são quase individuais), fabricando produtos que se caracterizam pela grande variedade, pelos volumes menores e, também, por uma constante pressão sobre os custos. A qualidade é, obviamente, um pré-requisito. Então, para ter sucesso, as empresas precisam ser capazes de identificar continuamente, novas possibilidades de melhoria em seus processos”. Rafael Rinaldi, Gerente de Marketing da Messe Müchen no Brasil, lembra que um dos temas em debate na INTECHTRA será Lean Thinking: como podemos aplicar esse conceito às máquinas. “É um conceito que pode ser aplicado nas mais diversas empresas, mas estaremos focando nas indústrias de Alimentos, Bebidas e Embalagens que são os setores-alvo da feira”, explica. De acordo com Ulbrich, o Lean foi desenvolvido no início da década de 1950 pela indústria automobilística japonesa Toyota, quando ela constatou que a sua sobrevivência dependia da capacidade de produzir com mais eficiência. “Isso foi há 60 anos e o desafio não estava centrado nas máquinas, mas na organização da produção”, lembra. “Atualmente, o processo de construção de máquinas para o setor de alimentos e bebidas na Alemanha já incorporou os conceitos Lean. Exemplo é o desenvolvimento modular da produção, que possibilita a redução de custos e o atendimento às demandas dos clientes”. O executivo acredita que no Brasil a situação seja semelhante. “O desenvolvimento do agronegócio fez com o país se destacasse mundialmente não só na produção de grãos, mas também carnes, sucos, entre outros. Os grandes players que entregam esses produtos precisam trabalhar de uma forma eficiente, sem desperdício, atendendo demandas específicas de clientes espalhados por todo o mundo”, analisa. “Na minha opinião, a situação no Brasil é semelhante à da Alemanha: as grandes indústrias adotam os princípios da Produção Enxuta, mas nas pequenas há resistência, ou desconhecimento”.

EDIÇÕES VR DO BRASIL
Rua Acuti, 328 - sala 4 – (CEP 04810-160) – Cidade Dutra – São Paulo / SP – Brasil (55-11) 5505-7088 / (55-11) 5103-0423