Publinota

Mallory produz e faz doação de 30 mil máscaras estilo 'face shield' a órgãos de saúde e pequenas empresas

 

A Mallory, uma das principais produtoras de eletroportáteis do país, vem realizando uma série de ações para apoiar iniciativas que buscam amenizar os impactos do Covid-19 na vida das pessoas. Levando em consideração esses princípios, a nova ação da empresa confeccionará, através de sua equipe de produção e engenharia, em parceria com o Senai, 30 mil máscaras que serão doadas a órgãos de saúde, instituições e empresas locais.

As máscaras produzidas são do tipo “Face Shield” - semelhantes a viseiras de capacetes, uma das mais indicadas no combate ao contágio do novo coronavírus por possibilitar uma barreira física, que funciona como uma espécie de escudo, protegendo o rosto de cada indivíduo. Os equipamentos são indicados para profissionais de saúde e empresas que têm processos específicos e que exigem uma aproximação entre clientes e fornecedores.

De acordo com a CEO da Mallory, Annette de Castro, a empresa vem reforçando as medidas de responsabilidade corporativa que visam garantir a segurança e o bem-estar da população em geral e de seu quadro de colaboradores e a produção dessas máscaras é um sinal desse cuidado. “A Mallory vem procurando fazer a sua parte desde o início da pandemia, prova disso é que estamos focados, nesse momento, na produção e doação de máscaras para assegurar especificamente a segurança para trabalhadores de vários ramos da economia em funcionamento, inclusive os nossos. Esta foi uma das formas mais urgentes que encontramos de contribuir”, reforça. 

Outras iniciativas 

Além da produção das máscaras, a Mallory, em parceria com o Senai, está trabalhando em ações de manutenção e reposição de peças para o funcionamento de respiradores mecânicos que são encaminhados a órgãos governamentais para o auxílio e benefício direto da população atingida pela covid-19. Outra iniciativa é o suporte, através do núcleo de engenharia e pesquisa, no desenvolvimento de novos respiradores mais práticos e econômicos que, quando estiverem prontos auxiliarão os hospitais no combate ao coronavírus. 

A Mallory também promoveu a campanha “Comprou doou”, onde a cada ventilador vendido no e-commerce, a marca destinou outro do mesmo modelo, a instituições beneficentes que trabalham com pessoas envolvidas nos grupos de riscos, como crianças e idosos. Com isso, a empresa intensificou o acesso ao eletroeletrônico que vem se mostrando aliado para ventilação dos ambientes e amenizado a proliferação do novo coronavírus. Além disso, a empresa já realizou doações de cestas básicas para população mais vulnerável, entrega de produtos de forma solidária e distribuição de máscaras.

Medidas de Prevenção da Mallory

A empresa, que recebeu a permissão para funcionamento no setor de produção de ventilação, está adotando as medidas no seu centro de fabricação situado no município de Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza. As ações realizadas vão desde a higienização total de todos os ambientes da fábrica, como centro de produção e escritórios, até a inclusão de ambientes extras para a limpeza de mãos e pertences. As ações educativas e instruções de procedimentos estão sendo repassadas aos demais colaboradores, que encontram-se em regime de home office. As indicações educativas vão desde o uso de máscaras em todos os ambientes, lavagem recorrente de mãos com água, detergente e álcool 70%.  

 
EDIÇÕES VR DO BRASIL
Rua Acuti, 328 - sala 4 – (CEP 04810-160) – Cidade Dutra – São Paulo / SP – Brasil (55-11) 5505-7088 / (55-11) 5103-0423