Notas de Interés

bioMérieux realiza webinar sobre método alternativo para detecção de endotoxinas

À medida que a produção de medicamentos e vacinas aumenta, também cresce a demanda por reagentes para testes de endotoxinas. O reagente mais comumente utilizado, o LAL, vem de uma fonte esgotável: o sangue do caranguejo-ferradura, um artrópode considerado um fóssil vivo, por sobreviver na Terra há 450 milhões de anos.

 

A diminuição da presença dessa espécie na natureza significa que o uso de LAL para testar endotoxinas bacterianas não é sustentável.

 

Para garantir a segurança contínua da produção de medicamentos é necessário um teste de endotoxina alternativo, que não seja apenas sustentável, mas também amplamente disponível e capaz de atender às crescentes demandas de testes da indústria.

 

A bioMérieux, por meio de sua divisão de microbiologia industrial, realiza no dia 11/03, às 10h, o webinar gratuito “Como implementar um método alternativo para detecção de endotoxina”, com a participação de Marco Piantola, PhD em Microbiologia, especialista Global de Implementação na bioMérieux.

 

O webinar vai abordar a eficácia do Fator C Recombinante (rFC) como teste alternativo de detecção de Endotoxina (BET) em medicamentos e vacinas, uma nova solução que beneficia os laboratórios de controle de qualidade farmacêuticos pela eficiência, segurança e facilidade de implementação.


Inscrições no link :
https://register.gotowebinar.com/register/6984884423697760782?source=qr

 
EDIÇÕES VR DO BRASIL
Rua Acuti, 328 - sala 4 – (CEP 04810-160) – Cidade Dutra – São Paulo / SP – Brasil (55-11) 5505-7088 / (55-11) 5103-0423